web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Português percorre 1200 quilómetros pela Índia para ajudar vítimas de terramoto

Share on Pinterest

Pedro Queirós vai caminhar 1200 quilómetros, de mochila às costas, pela Índia, durante 30 a 50 dias, para recolher fundos e auxiliar as vítimas do terramoto que abalou o Nepal, em 2015. O objectivo é apoiar o Projecto Our Dream Village e angariar dinheiro para construir uma casa para uma das famílias desalojadas pelo terramoto.

Há cerca de dois anos, Pedro Queirós e o amigo Lourenço Macedo Santos decidiram fazer uma viagem pela Ásia e estavam no Nepal quando ocorreu o terramoto, a 25 de Abril de 2015. Presenciaram a tragédia que abalou o país e matou cerca de 9000 pessoas.

Nessa altura, desenvolveram o Projecto Campo Esperança, que consistiu na construção de um campo de refugiados, para cerca de 350 desalojados, nos Himalaias.

Pedro explica que, passados dois anos, a tragédia continua muito presente no Nepal. Muitas pessoas continuam a viver no campo de refugiados, em tendas temporárias, e foi por isso que surgiu esta iniciativa.

“Esta caminhada pela Índia surge como uma iniciativa para recolher fundos, para auxiliar essas pessoas, que ficaram sem casa. O objectivo é recolher fundos para a construção de uma casa, para uma família de seis pessoas, que ficará em cerca de 10 mil euros”, explicou Pedro.

Pedro Queirós prevê percorrer 1200 quilómetros. Partiu do Taj Mahal, em Angra. Vai passar por Varanasi e, de seguida, vira para Norte, em direcção a Kathmandu. Começou a caminhada apenas há três dias e já percorreu cerca de 77 quilómetros. Pedro contou que “a iniciativa está dentro do previsto, que é fazer 25 a 30 quilómetro por dia. Faltam-me percorrer cerca de 1100 quilómetros”.

mapa3

 

Através da página de Facebook, Pedro vai mostrando as várias etapas do percurso e pedindo doações. Criou também uma página de recolha de fundos. “As pessoas podem aceder a essa página e fazer contribuições, se sentirem que se identificam com o projecto e se sentirem que este esforço vale a pena”, esclareceu.

Em apenas três dias, Pedro Queiros já angariou mil euros e mostra-se muito satisfeito. “É muito gratificante! Mostra que as pessoas se identificam com o projecto. Mostra também o grande espírito solidário dos portugueses e o poder das redes sociais”, diz.

Apesar das dificuldades físicas e das diferenças culturais e linguísticas, que enfrenta todos os dias, Pedro conta que caminhar pela Índia, de mochila às costas, sempre foi o seu sonho. “É preciso uma grande força mental, mas estou muito satisfeito”, explicou.

 

Fonte: Rádio Comercial

Share on Pinterest
14/01/2017
Compartilhe no Facebook