web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

32% dos deputados têm cargos em IPSS

PSD e CDS são os partidos mais envolvidos nestas instituições.

Mais de três em cada dez deputados à Assembleia da República têm cargos em Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) ou noutro tipo de organizações sem fins lucrativos. A contabilização feita pelo ‘Negócios’, a partir dos registos de interesses dos parlamentares, mostra que são os eleitos de direita os que mais estão envolvidos nos órgãos sociais destas entidades.

O ministro do Trabalho, Vieira da Silva, está longe de ser o único detentor de um cargo público a acumular funções com os órgãos sociais de uma IPSS (foi vice-presidente da Raríssimas entre 2013 e 2015).

Cerca de metade dos deputados do CDS estão ligados a este tipo de organizações, por exemplo. Já no PSD, 37% têm assento nos órgãos sociais de IPSS, clubes ou outras organizações sem fins lucrativos. No PS, não chegam a 40 os parlamentares com estes cargos (cerca de 28% do total). Os números baixam ainda mais no Bloco de Esquerda, onde não chegam a 30 os deputados envolvidos nestas instituições. Já no PCP, são apenas 18% os parlamentares com participação nos órgãos sociais de IPSS.

O tipo de cargo exercido varia muito. Há deputados que são presidentes, vice-presidentes, membros da assembleia-geral, do conselho fiscal ou vogais.

Fonte: CM


27/12/2017
Compartilhe no Facebook