web analytics
Compartilhe no Facebook

5 Considerações Ecológicas ao Comprar uma Casa

Nunca a temática ambiental esteve tão presente na sociedade. Se os primórdios da Geração Y (Millennials, ou aqueles nascidos entre 1980 e 1994) foram confrontados com a imperiosa necessidade de preservação do ambiente através de práticas positivas, o mesmo não se pode dizer da geração à qual pertencem os seus pais.

Tal não é de todo insinuar que aqueles oriundos de gerações anteriores não tenham, efetivamente, uma consciência ativa na preservação ambiental. Infelizmente e olhando num panorama global, a formação escolar é preponderante em incentivar a soluções e à dimensão do desafio que todos enfrentamos.

Vamos então ficar a conhecer pelo menos 5 considerações a ter no momento de comprar uma casa em sintonia com o ambiente. Para tal, o portal Imovirtual ajuda a descobrir a casa perfeita, com a eficiência energética ideal.

 

Janelas Duplas

O aquecimento e arrefecimento da sua casa são, de longe, onde gastamos mais energia e, consequentemente, dinheiro. Com caixilharia de qualidade em portas e janelas, o efeito do frio cortante do inverno e do calor tórrido do verão serão mais comedidos entre portas. Como tal, também a energia gasta para arrefecer ou aquecer a sua casa será muito inferior.

Este é um investimento relativamente avultado, mas o qual deve constar das suas principais considerações, pois a médio e longo prazo, o retorno é evidente.

 

Painéis Solares

Para produção de eletricidade e para aquecimento de água. Ambas as soluções representam uma poupança a longo prazo. Com incentivos disponíveis e com a tecnologia cada vez mais eficiente e menos dispendiosa, é uma consideração que faz cada vez mais sentido.

Seria positivo assistir a mais e melhores incentivos neste sentido, nomeadamente com os custos de instalação e as polémicas políticas de injeção de energia na rede.

 

Isolamento das Paredes e Telhado

Efetivamente, de que serve ter as suas janelas duplas e painéis solares se toda a sua casa está “mal vestida”? O isolamento de fraca qualidade é um problema transversal das construções nacionais, mas a consciência para a sua importância está a aumentar.

A medida da eficiência energética do imobiliário, agora obrigatória, ajuda a perceber se a próxima casa necessita de intervenção de maior neste sentido ou se pode contar com poupanças imediatas.

 

Conservação de Água

São as pequenas coisas que fazem a diferença. Autoclismos de dupla descarga e outros mecanismos que permitem o reaproveitamento de águas residuais fazem maravilhas pelo planeta e pela sua carteira.

A água é um bem escasso e como tal, deve ser utilizada na medida do indispensável. Desde reguladores de caudais a duches no lugar de banheiras, as opções abundam para o auxiliar.

 

Espaço Verde em Redor

Um jardim em redor da sua casa é frequentemente entendido como um detalhe em prol do seu conforto, mas na verdade as suas árvores oferecem sombra e ajudam à manutenção de uma correta taxa de humidade.

Também o ecossistema local agradece, em particular se o puder manter o mais natural possível, sem recorrer a pesticidas e a outros produtos químicos. A longo prazo, não só o seu jardim se torna um oásis de vida para si como para todos os seres que dele dependem.

 

Quem procura casa assume atualmente um papel preponderante na manutenção do ambiente. Existem uma série de soluções, obrigatórias ou opcionais, das quais resultam não apenas os meios para auxiliar à recuperação do meio ambiente, mas também em elevados níveis de poupança e conforto.

Numa aritmética que aparenta simples e a partir da qual todos ganham, a mudança apenas pode advir da consciência de cada um, mas também de mecanismos transparentes e eficazes que auxiliem a esta transição.

 

Deixe um comentário