web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Armando Vara e Duarte Lima continuam a receber subvenção mensal vitalícia apesar de estarem presos


Sabias que Armando Vara e Duarte Lima continuam a receber uma subvenção mensal vitalícia do Estado apesar de estarem presos!” Esta é a mensagem integral da publicação em causa, mostrando imagens dos dois ex-políticos e atribuindo os valores de 2.014 euros e 2.289 euros a cada um, respetivamente.

Esta é a realidade que temos em Portugal. Mesmo presos e condenados, continuam a “mamar” dos cofres do Estado, e consequentemente, do povo.

Armando Vara e Duarte Lima são apenas dois dos mais de 300 ex-políticos que recebem subvenções para a vida toda. A estes ex-políticos juntam-se ainda ex-juízes do Tribunal Constitucional.

Armando Vara requereu a pensão em 2003 e Duarte Lima em 2010.

De acordo com o Poligrafo, o site de fact-checking Português, ´as subvenções de Vara e Lima estão em situação “ativa”, ou seja, continuam a ser pagas na sua totalidade, com os valores de 2.014,15 euros e 2.289,10 euros respetivamente´.

O mesmo jornal clarificou as penas dos dois ex-políticos e como estas estão neste momento:

‘Vara foi condenado em setembro de 2014 pelo Tribunal de Aveiro a cinco anos de prisão efetiva, por três crimes de tráfico de influência, no âmbito do processo “Face Oculta”. Começou a cumprir a pena no Estabelecimento Prisional de Évora, a partir do dia 16 de janeiro de 2019. Cerca de dois meses mais tarde, a pena foi reduzida. O Tribunal de Aveiro decidiu descontar os três meses e sete dias de prisão domiciliária a que Vara esteve sujeito, no âmbito do processo “Operação Marquês”, aos cinco anos de cadeia que está a cumprir no âmbito do processo “Face Oculta”.

Por sua vez, Lima foi condenado em novembro de 2014 pelo Tribunal da Relação de Lisboa a 10 anos de prisão efetiva, por crimes de burla qualificada e branqueamento de capitais, no âmbito do processo “Homeland”. Em abril de 2016, o Tribunal da Relação de Lisboa reduziu a pena para seis anos. Lima começou a cumprir a pena no Estabelecimento Prisional da Carregueira, a partir do dia 26 de abril de 2019”’.

Confirma-se por isso que, mesmo presos, o Estado e o povo continua a pagar subvenções a estas pessoas que lesaram o bom nome do seu país.

Isto só em Portugal…


12/01/2020
Compartilhe no Facebook