web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Atleta paralímpico Português: “Fui bronze nos Jogos Olímpicos… e recebo 50 euros”

Share on Pinterest

Em entrevista ao jornal Record, o atleta paralímpico revelou que é discriminado no Sporting e no país.

Luís Gonçalves, bronze nos Jogos paralímpicos de 2016, criticou o clube ‘leonino’ e até o seu próprio país pela falta de evolução e de meios no desporto adaptado.

“Para já não há esperança.Teria de dar uma grande volta para que as coisas mudassem. Vejam: sou atleta do Sporting. Agora vem um rapaz, o Nelson Évora, um atleta excecional, medalhado olímpico, que trabalha para isso, sei que o faz, porque já treinei com ele, mas… vai para o Sporting, o clube onde estou, vai ganhar dez vezes mais do que eu! E fui medalhado no Mundial enquanto atleta do Sporting, fui bronze nos Jogos… e recebo 50 euros (…) Não é nada! Dentro do próprio clube existem diferenças abismais, até com atletas que nem fazem parte da Seleção, que nunca conseguiram uma medalha… E recebem bem mais do que 50 euros” exclamou o atleta de 29 anos.

A quando da sua chamada ao relvado de Alvalade, após o Rio 2016, para celebrar a medalha de bronze nos jogos olímpicos, Luís teceu duras críticas ao sucedido: “Servi de palhaço, mais uma vez. Como sempre. Como em todos os eventos sociais que há de Sporting e de Comités. Servi de boneco, fui ao relvado, respondi a três perguntas e adeus. São estas coisas que me revoltam. A apresentação do Nelson foi em grande, no relvado. Não é ser má língua, nem ser mau para com o trabalho no Nelson. Dentro do meu próprio clube há discriminação”.

O atleta invisual, Luís Gonçalves venceu a medalha de prata nos 400 metros T12, nos jogos paraoímpicos do Rio 2016, tendo sido o primeiro português a ganhar uma medalha na dita competição.

 

Fonte: Notícias ao Minuto

Share on Pinterest

31/10/2016
Compartilhe no Facebook