web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Carta aberta sobre Isaltino torna-se viral nas redes sociais

Share on Pinterest

Paulo Costa, candidato do PS à Assembleia Municipal do Peso da Régua, em Vila Real, escreveu ‘carta aberta’ –  que tem ganho espaço mediático nas redes sociais – sobre o que se passou nas eleições autárquicas, com especial destaque para a eleição de Isaltino Morais, em Oeiras, que, segundo o socialista, “perdeu completamente a vergonha”.

O socialista Paulo Costa fez um desabafo no Facebook, onde comenta, com ironia, a vitória de Isaltino Morais no município de Oeiras, nas eleições autárquicas que decorreram neste domingo.

Em causa, o passado criminal de Isaltino, que inspirou Paulo Costa (derrotado nestas mesmas eleições, mas no Peso da Régua, em Vila Real) para uma série de comparações.

“Nunca fumei um cigarro na vida. O Isaltino fumou, que se saiba, charuto”, começa por escrever.

Mas o discurso torna-se mais agressivo, nesta carta que se tornou viral.

“Nunca roubei nada a ninguém. O Isaltino roubou (…) Nunca fui condenado. O Isaltino foi. Nunca fui preso. O Isaltino já.

“Já senti vergonha porque errei, e pedi desculpa. O Isaltino nunca teve vergonha, nem nunca pediu desculpa”, continua o socialista, que viaja pelo seu passado.

“Trabalhei desde pequenino, em diversas coisas. O Isaltino nunca trabalhou. Nasci na cidade, vivo na aldeia. O Isaltino nasceu na aldeia e vive na cidade. Vivo numa casa humilde. O Isaltino vive numa mansão. Eu perdi as eleições. O Isaltino ganhou”, escreve.

“Afinal: Ganhei! E ele perdeu. Eu ganhei saúde. E ele perdeu completamente a vergonha”.

A terminar esta carta, um palavrão disfarçado, mas que não disfarça a revolta: “Desculpem: FO****! Não nasci para isto” .

Na corrida eleitoral à Assembleia municipal do Peso da Régua, o autor deste artigo ficou em segundo lugar, com 41,44 por cento dos votos, enquanto o vencedor foi o PPD/PSD.

Já Isaltino Morais venceu a corrida para a Câmara Municipal de Oeiras, conseguindo maioria absoluta, segundo os resultados finais, divulgados pelo ministério da Administração Interna.

 

Fonte: PTJornal

Share on Pinterest

03/10/2017
Compartilhe no Facebook