web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Casal impede filhas de ir à escola e prende-as numa garagem


Aconteceu no distrito de Lisboa e está a chocar a comunidade local. Encarregados de educação já foram detidos.

São gémeas e têm dez anos. Viviam na Amadora em condições “deploráveis”.
A PSP investigou e disse, em comunicado, que as crianças “andavam mal vestidas e higienizadas, não iam à escola e presenciavam agressões físicas e psicológicas permanentes entre os pais”.

O casal foi detido pela PSP da Amadora que agora vai responder por dois crimes de violência doméstica.

De acordo com a PSP, as meninas “viviam em condições deploráveis e sem salubridade no interior de uma garagem, andavam mal vestidas e higienizadas, não iam à escola e presenciavam agressões físicas e psicológicas permanentes entre os pais”.

Embora a TVI tenha acompanhado o caso e identificado que os pais não foram presos, pelo menos estes já não têm contacto com as vítimas.
Isto porque foi identificada uma instituição de acolhimento temporário às quais as crianças foram entregues, “afastando-as do perigo a que estavam sujeitas”, afirmou a PSP.

Entre 2013 e 2018, a APAV apoiou mais de 5600 crianças e jovens, vítimas de mais de 9500 crimes, onde 57% deles são filhos dos autores dos crimes. Cerca de 37% dos crimes são de violência psicológica.

Podes ler o relatório  Estatísticas APAV: Crianças e Jovens Vítimas de Crime e de Violência 2013-2018 neste link.


19/08/2019
Compartilhe no Facebook