web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Como é viver com uma reforma de 371 euros por mês?


São muitas as pessoas que depois de uma vida de trabalho fazem contas à vida para pagar as mais básicas despesas de alimentação, renda e saúde.

Dessas, há quem consiga. E há aquelas que a família tem que ajudar. Há outras que, por falta de condições, vão para lares que nem sempre têm a qualidade e dignidade que os nossos idosos merecem.

Um alarmante relatório da Segurança Social, referente ao ano de 2017, indicou que 71,4% dos pensionistas têm de viver com uma reforma abaixo ou igual a 421 euros por mês, segundo a TVI.

Afinal, como é viver com 371 euros?

Secundino Marques tem 71 anos é um reformado e ganha esse valor. Disse, em entrevista, que tudo é gasto entre as despesas da casa, comida e medicamentos.
“Renda de casa 150, eletricidade 15, água 15, televisão e telefones à volta de 74 (…) fico com cento e pouco, mais a reforma da minha mulher. Vai-se comprando umas calças no Continente porque são mais baratas, uns sapatitos de vez em quando, e não dá para a gente se alargar muito”.

A mulher tem uma reforma de 300 e poucos euros.

Estas reformas mais baixas são de outro tempo, tempo em que se ganhava muito por fora na área da restauração, área onde o senhor Secundino trabalhou.
“Eles não punham o ordenado que a gente recebia nas folhas de ordenado. Isto foi antes do 25 de abril porque antes nem havia folhas de ordenado para ninguém”.

Será que tu conseguirias viver com este dinheiro? E daqui a umas décadas, quando chegares à idade da reforma, que dinheiro terás para te sustentar?


11/11/2019
Compartilhe no Facebook