web analytics
Compartilhe no Facebook

Como promover um negócio não “Instagramável”

Há um preconceito de que muitos nichos dos setores de fabricação, como fábricas, serviços de carros e empresas de construção, não podem promover com sucesso seus bens e serviços nas redes sociais. Isto é porque em tais áreas é difícil criar uma imagem com estética e apresentar o produto de maneira positiva. Porém, o Instagram está gradualmente sendo dominado por empresas de fabricação, fornecedores de atacado e outras organizações cujos produtos, aparentemente, não são adequados para esta rede social, com base no conteúdo das fotos.

Então, como você pode promover tal empresa na rede social?

Dica 1: escreva um resumo.

Um resumo bem escrito te protegerá de ações não significativas.

Tome um tempo para desenvolvê-lo e use-o antes de começar. Não se esqueça das perguntas:

– a empresa e suas vantagens sobre os competidores;
– o propósito de estar presente na rede social (por que sua empresa precisa de uma conta: para atrair potenciais clientes ou parceiros de negócios, ou talvez você precise de tráfego para seu site);
– as ferramentas de promoção e o orçamento desejados.

Dica 2: crie sua estratégia de conteúdo com base nas questões específicas do seu negócio.

Muitas vezes, o objetivo de promover empreendimentos nas redes sociais é aumentar a consciência e as vendas no site. Mas nesta área, os clientes raramente compram sem visitar o escritório offline da empresa antes. Portanto, o conteúdo deve atrair o usuário: encoraje-o a visitar seu site, ligar ou ir ao seu escritório.

Para criar um plano de conteúdo, é ótimo usar serviços de planejamento. Especialmente se você estiver promovendo seu negócio você mesmo. As plataformas de automatização podem te ajudar a poupar tempo ao postar em redes sociais, construir seu plano de conteúdo e te lembrar de postar.

Um destes serviços é o Postoplan, um serviço multifuncional atualizado que te permite gerenciar as redes sociais mais populares de uma só vez, agendar publicações adiadas, criar um plano de conteúdo, etc. Suas principais vantagens são diversos recursos grátis, a possibilidade de gerenciar aplicativos de mensagens, como o WhatsApp e sem restrições no número de contas conectadas.

Dica 3: Não só foque no conteúdo da competição.

Ao analisar a competição, é imperativo estudar os inscritos e suas atividades. Preste atenção nos comentários deixados nas suas postagens. Se tiver dúvidas que sejam potenciais clientes da sua empresa, veja suas contas em serviços especiais de trapaça.

Busque inspiração em contas relacionadas ao campo. Por exemplo, uma empresa de reparos e construção pode prestar atenção em contas dedicadas ao design de interiores.

Aqui estão algumas regras para a criação de conteúdo:

– Respeite seus inscritos e poste apenas informações úteis.
– Busque seu próprio tom de voz.
– Tente responder a todos, sem exceções e assim que possível, porque as redes sociais são um canal de comunicação.
– O público nesta área se renova de maneira regular e natural. Foque na qualidade e não na quantidade.

É importante entender que se o objetivo de gerenciar uma conta for um lucro real e não inscritos, você pode atingir estes resultados apenas junto com especialistas do departamento de vendas, que estão prontos para te oferecer as informações necessárias e responder rapidamente os pedidos.

Deixe um comentário