web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Coronavírus sofreu mutação em duas estirpes e “uma delas é mais forte e agressiva”


Há um novo Coronavírus e o caso está a ficar sério. Isto é, ainda mais sério.

De acordo com uma publicação científica da área da saúde, o coronavírus sofreu uma mutação e existem duas estirpes, sendo que uma delas é mais forte e agressiva.

“Estes resultados apoiam fortemente a necessidade urgente de estudos mais abrangentes, que combinem dados genómicos, dados epidemiológicos e registos clínicos dos sintomas de pacientes com a Covid-19”, pode ler-se num artigo publicado a 3 de março na revista National Science Review, da Academia Chinesa de Ciências.

O estudo foi publicado pelos investigadores da faculdade de Ciências da Vida da Universidade de Pequim e do Instituto Pasteur de Xangai, sob a alçada da Academia Chinesa de Ciências

Apesar destes factos serem preliminares, isto pode significar que o vírus será mais difícil de combater.

O estudo existe, mas, como diz o Poligrafo, que validou isto através do seu fact-check habitual, é um estudo ainda preliminar.

No entanto, é verdade que existem novas estirpes do vírus,


31/03/2020
Compartilhe no Facebook