web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Crimes de Vale e Azevedo no Benfica prescreveram


Acusado de desviar 1.2 milhões de Euros do Benfica, Vale e Azevedo vê os seus crimes prescreverem de acordo com a Relação de Lisboa.

João Vale e Azevedo estava acusado do desviou de verbas, provenientes de direitos televisivos do Benfica, onde foi presidente.

De acordo com o Tribunal da Relação de Lisboa, os crimes de que estava acusado prescreveram. Os juízes desembargadores consideraram que a prescrição ocorreu em 2018, 18 anos depois dos factos.

Era acusado de peculato e falsificação de documentos, em situações que remontam aos direitos televisivos do Benfica no ano de 1998 e 1999.

O processo tinha o julgamento agendado para 7 de Março de 2019 mas considerando este desenvolvimento o julgamento não se irá realizar.

No entanto, Vale e Azevedo está envolvido num outro processo por alegadas burlas, processo esse que não prescreveu, indica a TSF.


22/01/2019
Compartilhe no Facebook