web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Deputados aprovam fim da sua própria imunidade… mas não é em Portugal


Uma coisa destas nunca seria em Portugal. Este foi um primeiro teste ao poder do novo presidente de um outro país que não o país das quinas…

Estamos a falar da Ucrânia. O novo presidente, Volodimir Zelenskii, apoiou a medida.

O Parlamento Ucraniano decidiu que terá chegado a hora de por fim à imunidade parlamentar. Esta é uma medida histórica que permite a que o novo presidente mostre que consegue cumprir as promessas feitas.

Esta era uma das principais promessas eleitorais do presidente… que é um homem especial. Além de não ter qualquer experiência política, era um humorista daquele país. Parece mentira, mas ganhou as eleições pelo profundo descontentamento do povo ucraniano. É o presidente com mais poder desde a independência do país em 1991. Dos 450 deputados, 373 aprovaram o fim da imunidade parlamentar.

De acordo com a Reuters, o presidente tinha digo que era tempo de colocar a imunidade parlamentar no “cesto do lixo da história”.

Esta é uma vitória a favor do combate contra a corrupção, que os ucranianos acharam ser uma das prioridades do país. Na urna de voto, demonstraram isso mesmo ao eleger uma pessoa sem experiência política que está a mudar o país.

Anteriormente, para se remover a imunidade parlamentar a um deputado para que ele pudess ser julgado era um processo muito demorado e poucas vezes conseguido.

A medida entre em vigor no próximo ano, de acordo com o Público.


04/09/2019
Compartilhe no Facebook