web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Eleitores de etnia cigana votaram no Chega. E outros votaram porque André Ventura é do Benfica.


As pessoas que votaram no Chega são um pouco estranhas. A TVI reportou alguns exemplos que deixam muito que pensar…

Alvito é uma vila tipicamente alentejana do distrito de Beja. Foi nesta vila que o Chega teve maior votação em termos percentuais. Mas alguns votaram nele simplesmente porque ele é do Benfica…

Com pouco mais de 1000 habitantes, o Chega teve 4.76%.

Até a própria comunidade cigana votou nele. “Foi um voto de protesto, para ele saber que eu não tenho medo dele. Nós os ciganos não temos medo dele. Ele é que é cigano, está sempre a descriminalizar os ciganos”.

Há também outras pessoas da terra, mais idosas, que têm igualmente um «bom» motivo para votar nele… “Votei no Chega por duas particularidades: numa porque o André Ventura é do Benfica e a segunda é que ele é contra os ciganos… e eu ganho uma miséria e os ciganos é um disparate”.

Outra pessoa entrevistada diz que eles “recebem mais de subsídio” e “há ciganos que chegam a receber 1000 euros por mês”.

Mas a realidade parece ser outra. O Polígrafo identificou e confirmou que, quanto ao RSI, apenas 3,8% dos beneficiários de RSI são de etnia cigana.

Segundo a mesma fonte, num relatório da Segurança Social de 2009, “de um total de 135.428 famílias que beneficiavam de RSI, apenas 5.275 estavam identificadas como sendo de etnia cigana.”


10/10/2019
Compartilhe no Facebook