web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Ferro Rodrigues tentou “abafar” auditoria que revela ilegalidades no Parlamento


O presidente da AR, Ferro Rodrigues, ficou “furioso” com a divulgação da informação proveniente do Tribunal de Contas que dá conta de várias irregularidades na Assembleioa.

Além das irregularidades, existem mesmo ilegalidades, de acordo com o Tribunal de Contas. A auditoria revelou que os deputados recebem um seguro de saúde ilegal e aponta várias irregularidades como, por exemplo, um elevado risco de fraude fiscal com pagamentos indevidos de viagens a deputados, que está relacionada com a desatualização dos dados das moradas de residência dos deputados.

Tudo isto deixou Ferro Rodrigues “furioso”, apontou o Sol. O semanário disse ainda que o presidente da Assembleia da República queria “abafar” o documento, até à  “conferência de líderes que antecipou as respostas às recomendações dos conselheiros” do Tribunal de Contas.

O Ministério Público já está a analisar o documento, não estando excluída a possibilidade de avançar com um ou mais inquérito crime.

A tentativa de controlar os danos foi por água abaixo e o documento acabou por ser conhecido e várias notícias saíram sobre o assunto.

Na mesma altura em que isto acontecia, Marcelo Rebelo de Sousa elogiava Ferro Rodrigues pela forma como teve uma “intervenção muito clara e corajosa” sobre a polémica do registo de presenças do parlamento.

Aparentemente, noutro assunto momentos depois a intervenção foi a de “abafar” um documento oficial.

 


10/12/2018
Compartilhe no Facebook