web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Governo dispensa EDP de devolver aos consumidores 73 milhões de euros


A EDP teve elevados ganhos obtidos no mercado e por isso teria sido proposto a EDP pagar aos contribuintes, seus clientes, 73 milhões de euros.

A ideia veio agora a ser “dispensada” pelo Governo em reta final de eleições.

O valor correto é de e 72,9 milhões de euros , que tinham sido pagos à elétrica ao abrigo do regime CMEC (Custos de Manutenção do Equilíbrio Contratual).

O valor correspondia a ganhos elevados obtidos no mercado dos serviços de sistema. Em 2017 o Governo tinha comunicado à EDP que deveria devolver, com base numa auditoria independente, o valor já mencionado.

Na altura o Governo referiu que essa era “a forma de corrigir as supostas sobrecompensações pagas no passado à empresa no mercado de serviços de sistema”.

A EDP contestou a decisão e os seus fundamentos. Pelo que o Observador referiu, citado pelo Expresso, “a empresa elétrica teve de pagar uma multa de 48 milhões de euros, mas a parte que toca à devolução aos consumidores deverá cair”.

Recordamos que Antonio Mexia, presidente da EDP sublinhou que o seu “salário equivale ao de um defesa direito de um clube do meio da tabela”. Comparado com os valores pagos no setor, “o meu salário é incomparavelmente mais baixo”, lamenta. António Mexia defende que o seu salário só a si diz respeito, “e a mais ninguém”, disse em 2016 citado pelo Esquerda.net


27/09/2019
Compartilhe no Facebook