web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Governo entrega exploração de lítio a acusado de uma das maiores fraudes do país


A história parece uma anedota, mas é bem verdade. O Governo entregou a exploração de lítio por 35 anos a um dos acusados de uma das maiores fraudes do país.

António Marques e Ricardo Pinheiro foram acusados pelo Ministério Público da maior obtenção ilegal de fundos da União Europeia. Não há fraude maior no país. Foram dez milhões de euros.

Ainda assim, há duas semanas, o Estado aprovou um contrato de exploração, durante 35 anos, de lítio na Mina do Romano, em Montalegre.

E mesmo esse “contrato”, é um pouco obscuro.
É que a Lusorecursos Lda, empresa de António Marques e Ricardo Pinheiro, iria ganhar este concurso. Mas, três dias antes da assinatura do contrato, Ricardo Pinheiro criou uma outra empresa e essa mesma empresa, com apenas três dias de atividade, ganhou o concurso.

Como se isto não bastasse, não existe qualquer estudo ambiental. Com parecer negativo ao estudo prévio e num processo à margem do concurso público que o Governo só irá lançar agora em maio, afirma o Sexta às 9 da RTP.

Montalegre, onde vai existir a exploração da mina, é um município socialista.


08/06/2019
Compartilhe no Facebook