web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Jovem portuguesa cega com apenas 13 anos conquista medalha no Mundial de surf adaptado


É cega de nascença e chama-se Marta João do Paço. Aos 13 anos ganhou o primeiro prémio para Portugal na competição de surf adaptado.

Só pratica sufr há um ano mas com apenas 13 anos surpreendeu tudo e todos no campeonato que decorreu entre 12 e 16 de dezembro em San Diego, Califórnia, USA. Ela é atleta do Suft Viana do Castelo (SVC) e conseguiu a medalha de bronze, uma estreia para Portugal nas medalhas desta modalidade mas que já conta com a segunda participação neste tipo de eventos.

“[Comecei a surfar] o ano passado. A minha mãe tinha um café que era frequentado pelos instrutores do Surf Clube de Viana. Eles conheceram-me e desafiaram-me para experimentar surf. Eu experimentei e, a partir daí, nunca mais larguei. Foi assim que me tornei atleta do clube”, explicava Marta ao site Surf Total antes de partir para os Estados Unidos, citado pelo Publico.

Sendo ceda de nascença, ela conseguiu superar as dificuldades e os obstáculos, elogiando o treinador como uma peça fundamental para o seu sucesso: “O mais difícil para mim é saber qual o momento certo de entrar nas ondas. Tento superar esta dificuldade através do meu treinador, o Tiago. Conforme me vai conhecendo, cada vez melhor, ele consegue indicar-me, através de palavras, o momento certo para eu ir. Quando eu volto para a beira dele, ele recorre a sinais sonoros para me orientar”.

Foi a Câmara Municipal de Viana do Castelo a patrocinar a viagem de Marta pois Portugal não tem apoios destes para praticamente nenhuma modalidade.

Para além de Marta participaram outras duas pessoas nesta modalidade: Nuno Vitorino com 41 anos que levou para casa a medalha de cobre e ainda Camilo Abdula, de 38 anos, que ficou em 13.º lugar.


17/12/2018
Compartilhe no Facebook