web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Manchester City foi suspenso da Liga dos Campeões por dois anos devido a denúncias de Rui Pinto


Enquanto em Portugal o hacker português Rui Pinto continua detido, lá foram usam as informações dele para apanhar os culpados.

Infelizmente em Portugal não se dá muito valor aos denunciantes e à forma como a denúncia é recebida. Este é mais um exemplo disso, onde o estrangeiro dá bons exemplos de situações em que pegam em informações e agem, enquanto que em Portugal fazem tudo para punir o hacker.

De acordo com uma publicação analisada pelo site de fact-checking Polígrafo, “As irregularidades atribuídas ao Manchester City são baseadas nos esquemas denunciados pelo Football Leaks, da responsabilidade de Rui Pinto, o denunciante detido preventivamente pelas autoridades portuguesas, no âmbito de um processo movido pela Doyen, um fundo de investimento com sede em Malta”.

A análise revelou que o clube não poderá participar nas épocas 2020/21 e 2021/22 da Liga dos Campeões.

Mais, terá que pagar á UEFA uma multa de 30 milhões de euros pela violação das leis de fair play financeiro.

A investigação do Poligrafo revelo que “Rui Pinto foi de facto responsável pela suspensão da equipa inglesa da Liga dos Campeões, na medida em que partilhou documentos que revelaram alegadas irregularidades financeiras do clube inglês onde jogam Bernardo Silva e João Cancelo”.

Resta perguntar: porque o querem detido em Portugal?


21/02/2020
Compartilhe no Facebook