web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Ministro brasileiro Sérgio Moro diz a Sócrates: “não debato com criminosos”


O antigo primeiro ministro, acusado de vários crimes criticou o Ministro Sérgio Moro. A resposta não tardou: “não debato com criminosos”.

“Um ativista político disfarçado de juiz”. Foi assim que Sócrates criticou o Ministro Brasileiro Sérgio Moro numa nota enviada à Agência Lusa. Essa mesma nota foi na sequência do Ministro Brasileiro ter participado na conferência de abertura sobre o Estado Democrático de Direito e o Combate à Criminalidade Organizada e à Corrupção, no VII Fórum Jurídico, em Lisboa. Ali, falou de combate à criminalidade e corrupção. E fez referência à Operação Marquês em Portugal.

“O que observo, à distância, em relação a este caso do ex-ministro português, é um trabalho que tem sido feito com esforços consideráveis para a apuração de provas e processar [o acusado]”, considerou ainda o ministro da Justiça e Segurança Pública do Brasil, antigo juiz que iniciou a Operação Lava Jato.

Sócrates não tardou a reagir. Disse que Moro é “um ativista político disfarçado de juiz”. E não perdeu pela demora…

Sérgio Moro respondeu, dizendo que “em relação à pessoa particular, não debato com criminosos pela televisão, por isso não vou fazer qualquer comentário”.

Mas vincou também a sua opinião sobre a Operação Marquês: “Apenas fiz o comentário de que, em todo o lado do mundo há dificuldade com os crimes de grande corrupção, que envolvem pessoas de poder. O sistema está preparado para outro tipo de criminalidade, mas todos os países precisam de avançar e enfrentar a grande corrupção. Isso é importante para mostrar que a justiça funciona. Não quis fazer nenhuma crítica ao sistema judicial, foi só um apontamento. No Brasil avançamos bastante nos últimos anos”, de acordo com o Expresso.

Parece que José Sócrates devia ter ficado calado… porque se deu mal.


24/04/2019
Compartilhe no Facebook