web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Novo Banco pagou os bónus mais elevados aos gestores e mantém prejuízos de milhões


A somar ao dinheiro que os contribuintes deram recentemente para o Novo Banco, o prémio dos gestores é uma “vergonha”, como muitos apelidam nas redes sociais.

Os administradores do banco que é pago por todos nós, o Novo Banco, receberam quase dois mil milhões de euros pelo “desempenho” do banco em 2019.

E se achas que isto é um prémio espera só até ver o desempenho do banco… pois ele teve prejuízo de 1.058,8 milhões de euros.

Outros bancos que apresentam melhores resultados financeiros, como é o caso do BCP, BPI e Santander Totta, pagaram menos aos administradores do que o Novo Banco.

Depois da “falha de comunicação” do Governo em transferir mais uma verba para o Novo Banco, eis agora que se sabe, para por mais água na fervura, que os administradores do Novo Banco receberam prémios diferidos de 1,997 milhões de euros, um valor que é “116% mais alto” do que no BCP, “35% superior ao do Santander Totta” e “cerca de 29% mais elevado do que o do BPI”, conforme avança o Correio da Manhã (CM), citado pelo ZAP

Apesar dos prejuízos, o Novo Banco teve uma melhoria em relação ao ano de 2018, de cerca de 25% em termos de prejuízos. Mas continua, sem sombra de dúvida, a ser um banco que dá prejuízo. E é esse prejuízo que motivou uma injeção de capitais públicos.


19/05/2020
Compartilhe no Facebook