web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Polícia Judiciária investiga título do Benfica 2015/16, por suspeitas de corrupção

A Polícia Judiciária está a investigar o título do Benfica na época 2015/2016, por suspeitas de corrupção. O Benfica nega qualquer envolvimento, refere que tudo não passa de ficção científica que faz parte de uma cabala e não fará, por isso, outros comentários.

A investigação incide sobre cinco jogos da época 2015/2016.

Mas as atenções estão viradas particularmente para o Rio Ave-Benfica, jogo em que os encarnados venceram por uma bola a zero, a três jornadas do fim do campeonato, quando tinham apenas dois pontos de vantagem sobre o Sporting.

O caso envolve empresários ligados em Benfica e alegado aliciamento a jogadores do Rio Ave, para viciação do resultado.

Os futebolistas presumivelmente envolvidos neste caso não são os mesmos quatro do caso Feirense Rio Ave.

Só Cássio e Marcelo constam de ambos, isto porque Roderick não defrontou o Benfica e Nadjack estava emprestado.

Sabe também a RTP, que os telemóveis dos jogadores foram apreendidos pela Polícia Judiciária.

Os telemóveis de Nadjak e Roderick foram devolvidos, já os de Cassio e Marcelo não. Segundo a PJ os equipamentos servem não só como prova, mas ao mesmo tempo possuem indícios fortes de alegado aliciamento.

Este processo agora tornado público nasceu das investigações ao jogo Feirense-Rio Ave, da época passada, e que levou à constituição de quatro arguidos, os jogadores do Rio Ave já citados.

O Rio Ave-Benfica de 2016 começou por ser investigado pela Policia Judiciaria do Porto mas transitou para Lisboa por ordem do Ministério Público.

Fica anexo à investigação do caso dos e-mails que é liderada pela unidade de combate à corrupção.

A PJ do Porto continua a trabalhar no processo original.

Os restantes quatro jogos são da mesma época e envolvem o Benfica contra outros adversários.

Fonte: RTP


30/12/2017
Compartilhe no Facebook