web analytics
Compartilhe no Facebook

Político diz que se deve deixar idosos com COVID-19 morrer naturalmente, a bem da economia

Declarações polémicas do ex-primeiro ministro da Austrália estão a ecoar nas redes sociais.

A revolta pela sua dureza e crueldade fazem com que muitos nem acreditem verdadeiramente no que aconteceu…

No entanto os comentários de Tony Abbott vão de encontro aos já feitos por outros políticos nos Estados Unidos e outros locais.

Segundo o político austríaco, cada idoso custa ao estado 200 mil dólares australianos (123.800 euros), o que ultrapassa o custo de certos medicamentos vitais.

Assim, por uma questão económica, devemo-nos “comportar como economistas da saúde, treinados para fazer perguntas desconfortáveis sobre o nível de mortes com que teremos de viver”, devendo “fazer os seus parentes tão confortáveis quanto possível enquanto a natureza segue o seu curso”.

Ao jornal Guardian disse ainda que “é uma altura má para quem tenha o vírus, mas também é uma má altura para quem não gosta de receber ordens de funcionários, por boas que sejam as intenções”, segundo citou o Expresso.

Achas que isto devia ser denunciado? Se sim, partilha este artigo!

Deixe um comentário