web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Portugal tem dos impostos sobre a eletricidade mais caros da União Europeia


Já foi aqui notícia o valor que António Mexia recebia por mês. Quase igual ao que o cidadão recebe por ano. Mas desta vez a análise é diferente: os impostos e a eletricidade, onde estamos no “top” dos mais caros da europa em ambos os casos.

A proporção de taxas e impostos no preço total da electricidade para consumo doméstico é, em Portugal, a segunda mais alta.

Quem o afirma é o jornal Publico que cita fonte de um gabinete estatístico europeu, afirmando que “a electricidade para consumo doméstico mais cara da União Europeia (UE) medida em paridade de poder de compra (PPC) e a terceira em euros, divulga hoje o Eurostat”.

Pagamos 28,2 PPC por 100 kWh de electricidade, o valor mais alto da UE, seguido pela Alemanha (28,0 PPC por 100 kWh), a Espanha (27,4), a Bélgica (26,6), a Roménia (26,3) e Chipre (24,5 PPC por 100 kWh).

Mas o que é que isto significa em Euros? É simples, traduzindo tudo para euros, estamos a falar de 22,9 EUR por 100 kWh, o sexto preço mais alto da Europa.

À nossa frente estão países como a Dinamarca (31,2 Euros por kWh), a Alemanha (30,0 Euros por 100 kWh), a Bélgica (29,4 Euros por 100 kWh), a Irlanda (25,4 Euros por 100 kWh) e a Espanha (24,8 Euros por 100 kWh).

O mesmo jornal afirma que a “proporção de taxas e impostos no preço total da electricidade para consumo doméstico é, em Portugal, a segunda mais alta (55%), depois da Dinamarca (64%) e seguido da Alemanha (54%)”.

Considerando que os outros países acima de nós têm um muito melhor poder de compra, estamos com uma eletricidade com preço muito alto.

É o Portugal que temos…


08/12/2019
Compartilhe no Facebook