web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Qual é o melhor CMS para o seu eCommerce?


Para começar, o melhor CMS para eCommerce será sempre aquele que melhor se adapta a si e às necessidades do seu negócio – e, claro, do seu orçamento! Tendo isto em mente, optae por escolher um CMS que lhe permita gerir o seu site de forma simples e eficiente – seja na hora de criar, editar e/ou publicar conteúdos digitais online.

Além dos conteúdos do site, é importante que opte por um CMS que lhe permita integrar outras funcionalidades de modo a fazer crescer o seu negócio.

Falamos, por exemplo, de associar o serviço de e-mail e de apoio ao cliente. Outras aplicações que podem ser muito úteis para um eCommerce será optar por um CMS que lhe permita fazer a gestão dos produtos, indicando quais e quantos tem em stock; assim como ter acesso a estatísticas do site e até que lhe permita tratar dos envios, inclusive do envio de encomendas internacionais.

Outros aspecto muito importante será sempre o tema dos pagamentos. Afinal, o seu negócio só crescerá se os clientes comprarem, certo? Assim sendo, tenha isso em mente, escolhendo um software seguro e de confiança, capaz de suportar os vários tipos de métodos de pagamento e com opções para fazer campanhas com descontos e promoções.

 

Os CMS mais populares

Tendo tudo isto em conta, podemos dizer-lhe que na actualidade os mais populares CMS para eCommerce são:

  1.  Magento
  2. PrestaShop e
  3.  WooCommerce

Embora existam muitos – muitos! – mais, estes três continuam no topo das preferências, devido ao seu design simples, funcionalidades e por serem muito fáceis e intuitivas de usar e configurar.

Depois, é claro, há pequenos detalhes que as distinguem entre si. A Magento, por exemplo, oferece diversos tipos de serviços e pacotes que conseguem satisfazer as pequenas empresas, mas também startups e grandes multinacionais. Já a PrestaShop destaca-se pela facilidade com que permite a uma loja partilhar o catálogo de produtos em sites como o eBay ou a Amazon, potenciando assim o aumento das vendas. No caso do WooCommerce, da chancela WordPress, destaca-se pelos muitos temas personalizáveis que tem.

 

CMS para eCommerce gratuitos

Se no seu caso, procure um CMS gratuito saiba que também tem várias opções à escolha, como é o caso do Square Online ou do Ecwid. Para quem procura um serviço mais básico – e grátis – são, sem dúvidas, dois softwares de eCommerce muito recomendáveis.

Nesta lista de CMS gratuitos, tem também o WooCommerce que oferece uma versão gratuita que é bastante funcional, embora seja mais limitada no que toca às configurações e possibilidade de adicionar funcionalidades extras.

Todavia, e como referimos anteriormente, tudo dependerá das exigências do seu negócio.

 

Como configurar o seu eCommerce

Antes de terminar, partilhamos consigo cinco aspectos que deverá considerar na hora de configurar o seu eCommerce. Ora veja:

  1. Analisar sempre a concorrência
  2. Executar uma estratégia de marketing digital focada no posicionamento orgânico e tendo em conta as estratégias de SEO
  3. Considerar também uma estratégia SEM
  4. Publicação e gestão de redes sociais
  5. Escolher um fornecedor de logística.

 

Para fazer a melhor escolha, o melhor será comparar os vários fornecedores.  Deste modo, poderá analisar os diferentes aspectos e serviços de cada um (como as encomendas, as empresas de transporte, integração com diferentes CMS, etc.), tomando, assim, uma decisão final informada e consciente.


20/05/2021
Compartilhe no Facebook