web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Quem diz palavrões é mais honesto e de confiança!


Um estudo realizado no estrangeiro permitiu revelar que as pessoas que dizem mais asneiras ou palavrões são as pessoas de maior confiança e com maior honestidade.

Chamar-se asneiras, palavrões, vernáculo baixo vai dar tudo ao mesmo. Os “palavrões” sempre fizeram parte do nosso quotidiano.

Há quem goste, há quem não goste, mas uma coisa é certa: se há alguns anos era só a camada jovem que os dizia em público, hoje há mais adultos a dizerem-no.

De acordo com um estudo realizado nos Estados Unidos revela que as pessoas que dizem mais palavrões são mais honestas e de confiança. O estudo, realizado a 71 voluntários com idades entre os 18 e 46 anos.

Do estudo, 45 pessoas diziam palavrões e as restantes não.

Como explicou à RTP a psicóloga Rita-bicha Castelo, “o estudo consistia em colocar a mão num balde de gelo e as que diziam palavrões tinham uma maior tolerância a ter a mão dentro do balde do gelo”.

A mesma psicóloga afirma que “socialmente dizer palavrões não é aceite, mas eu penso que nós sentimos que quando temos alguma situação ou de stress, ou de alegria, nos apetece dizer qualquer palavra que socialmente às vezes não é aceite”.

Dizer palavrões é no fundo para nos aliviar.

Podes ver aqui um vídeo da RTP a falar sobre o estudo, que tem ainda a entrevista com a psicóloga Rita-bicha Castelo em audio.


17/11/2019
Compartilhe no Facebook