web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Se os russos não acatarem isolamento obrigatório têm de cumprir sete anos de prisão


Quem for apanhado a fazer o que não deve ensta quarentena vai ter que passer uns anos na prisão.

Esta decisão é polémica mas parece que vai funcionar na Rússia.

Quem não estiver em isolamento e estiver infectado pode ter até sete anos de prisão. A medida é aplicada apenas se estas três coisas acontecerem:
– a pessoa estiver infectada com o COVID-19
– a pessoa sair da sua quarentena
– e ao sair, contaminar uma terceira pessoa que venha a falecer

Esta informação está disponível em vários locais, como no site da BBC.

De facto, desde Fevereiro que a Rússia tem sido exemplar em fechar fronteiras com a China e em isolar as pessoas que são atacadas com este vírus.

Estas medidas fizeram com que a Rússia tenha uma taxa menor de mortes e bastante sucesso em conter esta pandemia no seu país.

Esta situação foi validada pelo Poligrafo, o site de fact-checking, que escreveu num artigo publicado recentemente que “o Governo da Federação Russa ordenou em Moscovo, e noutras cidades, o encerramento temporário de todo o comércio, à exceção dos supermercados e farmácias. Toda população é encorajada a ficar em casa, exceto para comprar comida, medicação ou recorrer a serviços médicos”.

Também em relação às fake news a Rússia teve uma ideia interessante que parece vir a resultar: quem divulgar fake news perigosas sobre esta pandemia pode ter até cinco anos de prisão.

Achas que estas medidas podiam ser impostas em Portugal? Responde nos comentários.


02/04/2020
Compartilhe no Facebook