web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Sumo natural com larvas na Padaria Portuguesa. E já não é ‘novidade’


A denúncia foi feita recentemente nas redes sociais. Uma cliente da Padaria Portuguesa reparou, depois de “beber meio sumo”, que estava “repleto de larvas”. Uma queixa que não é nova. Já em 2016, outra cliente fez o mesmo reparo.

Foi através de uma publicação na rede social Facebook que uma cliente relatou o que se passou no passado dia 27 de julho na Padaria Portuguesa da Rua João XXI, em Lisboa. Fê-lo depois de “passar bastante tempo a tentar ligar” para os serviços e respectiva loja, mas sem sucesso.

A verdade é que, foi buscar o pequeno-almoço à loja acima referida e conta: “Depois de beber meio sumo, reparo que o meu sumo vinha repleto de larvas!!!!”

Tentou de seguida alerta a loja para que “não servirem mais sumos” e procedessem “à limpeza da máquina e verificação das laranjas”, mas não conseguiu chegar à fala com ninguém.

naom_5b61c24cceb64

Um episódio de descreve como “inadmissível e vergonhoso”.

Reagindo a esta publicação, a Padaria Portuguesa respondeu à cliente pedindo “imensa desculpa pela situação”, agradecendo “o alerta” e assegurando que seriam tomadas “as medidas necessárias para garantir que o sucedido não se volta a repetir”.

Mas parece que o sumo de laranja com larvas não é uma ‘novidade’ recente na Padaria Portuguesa. No Portal da Queixa encontramos uma outra cliente a denunciar em agosto de 2016 que comprou também o menu de pequeno-almoço, que inclui o dito sumo natural, e que o que lhe serviram “estava cheio de larvas vivas”.

Conta ainda esta cliente que “o gerente [da loja] nem se dignou a fazer a devolução em dinheiro”. Uma queixa que, sublinhe-se, continua a aguardar resposta.

O Notícias ao Minuto está a tentar contactar a Padaria Portuguesa para procurar uma justificação para o sucedido, mas até ao momento sem sucesso.

Fonte: Notícias ao Minuto


01/08/2018
Compartilhe no Facebook