web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Suspeito de agredir grávida de nove meses fica em liberdade


Não se passou num país de terceiro mundo. Passou-se em Alverca. Juiz decidiu pela manutenção da liberdade para o homem que agrediu namorada de nove meses.

O homem foi detido terça-feira depois de agredir a companheira com “pontapés e vários socos na barriga”. O suspeito vai aguardar julgamento em liberdade, tendo apenas ficado proibido de contactar com a vítima que vai ser mãe brevemente.

De acordo com a TVI, foi-lhe ainda imposta a permanência na habitação como medida de coação.
Quanto à vítima, está ainda hospitalizada mas estável, e o bebé ainda não nasceu.

Pormenores

Foi um agente da PSP que não estava em serviço que, ao deparar-se com a situação, decidiu atuar na sua folga. A situação aconteceu em Alverca, Vila Franca de Xira, quando o homem agrediu a companheira com “pontapés e vários socos na barriga”.

Os factos foram praticados na via pública e gravados em vídeo por populares. O agente da PSP, que faz parte do corpo de intervenção da Unidade Especial de Política (UEP) da PSP, acabou por dominar o homem com aquilo a que vulgarmente se chama um “mata leão”.

A detenção foi constituída na PSP de Alverca e a mulher foi na altura hospitalizada com “lesões graves”, mas já está estável.

Assiste ao vídeo dos acontecimentos aqui:


06/12/2018
Compartilhe no Facebook