web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Técnicos do BdP alertaram sobre Salgado nove meses antes da queda do BES

Share on Pinterest

Nota informativa, a que a SIC teve acesso, revela que o governador do Banco de Portugal podia ter retirado a idoneidade do então presidente do BES.

Técnicos do Banco de Portugal (BdP) alertaram para a situação do Grupo Espírito Santo (GES) e do Banco Espírito Santo (BES) em 2013, mas o governador do BdP decidiu não afastar Ricardo Salgado. A informação está presente em documentos, a que a SIC teve acesso, e que levantam questões sobre se Carlos Costa omitiu informações aos deputados da Comissão Parlamentar de Inquérito (CIP) ao caso BES.

De acordo com informações da SIC, os técnicos do BdP defenderam o afastamento de Ricardo Salgado da presidência do BES nove meses antes da resolução do banco. O Banco de Portugal teria, assim, informações detalhadas sobre o que se passava desde 2013. Uma nota informativa interna, assinada por técnicos do BdP e datada de novembro de 2013, questiona a continuidade de quatro administradores do BES, entre os quais Ricardo Salgado.

Carlos Costa afirmou na Comissão Parlamentar de Inquérito ao caso BES que estava juridicamente impedido de retirar a idoneidade a Salgado, mas a nota informativa diz o contrário, garante a SIC. Não se sabe, no entanto, o que aconteceu à nota informativa depois de ter seguido para apreciação superior. Dois dos documentos em questão serão divulgados esta noite pelo jornalista Pedro Coelho, durante a primeira Grande Reportagem da série “Assalto ao Castelo”.

 

Fonte: O Jornal Económico

Share on Pinterest

01/03/2017
Compartilhe no Facebook