web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Tijolo feito com pontas de cigarro? Sim, já existe e é uma invenção Portuguesa.


Um tijolo tem 350 beatas. Ou seja, são 300 mil pontas de cigarro numa parede de quatro por três metros.

“Encontrámos o melhor destino para este resíduo”, diz  Nuno Silva, investigador do Laboratório da Paisagem, uma das entidades que estão envolvidas no desenvolvimento deste novo produto.

Foi num projeto da Câmara Municipal de Guimarães, a Universidade do Minho e o Centro de Valorização de Resíduos (CVR), chamado Laboratório da Paisagem, que este produto foi desenvolvido, desde há quatro anos atrás.

O objetivo era valorizar as pontas dos cigarros enquanto na mesma altura tinha sido lançado na cidade de Guimarães o Eco Pontas, um cinzeiro grande colocado na cidade para recolher este resíduo. Este projeto ganhou o prémio atribuído pela Sociedade Ponto Verde, em 2016, com o noem de Green Project Award.

Neste momento existem apenas tijolos protótipos de diferentes densidades. Está a ser feito um estudo para se perceber qual a quantidade necessária para cumprir os requisitos estruturais de cada bloco de tijolo e poder ser utilizado na construção.

A solução será sempre colocar o maior número de beatas possíveis dentro do tijolo.

Os investigadores estão ainda convictos que a introdução das beatas na composição dos tijolos pode fazer poupanças na energia utilizada na sua cozedura ou seja pode ainda ajudar a indústria da cerâmica.

Sabe mais sobre este projeto no site da Universidade do Minho.


11/06/2019
Compartilhe no Facebook