web analytics

tuga.press

As principais notícias do dia estão aqui.

Um escândalo de biliões em Hollywood


Até há bem pouco tempo, pouca gente tinha ouvido falar de Houston Curtis. Um produtor de Hollywood com um passado duvidoso como contador de cartas, Curtis era principalmente conhecido por ter produzido a série Wrestling Society X, que teve direito a apenas uma temporada no ar. No entanto, o livro autobiográfico Billion Dollar Heist, editado em Março de 2020, tem feito correr muita tinta nas últimas semanas. Depois de ter perdido toda a sua fortuna, Curtis parece ter finalmente encontrado a fama que sempre procurou. Para tal, precisou foi de expor os detalhes chocantes de uma história que envolveu algumas das maiores celebridades de Hollywood e que resultou num lucrativo esquema de biliões de dólares. Tudo começou num jogo de poker.

 

O amor pelas cartas e o amigo Toby Maguire

O poker é um desporto apaixonante que fascina milhões de jogadores em todo o mundo. Em Portugal, a modalidade tem vindo a ganhar cada vez mais popularidade, sendo frequentemente jogada em casinos, entre amigos, ou através do site de poker da 888. Nos Estados Unidos, Houston Curtis cresceu em volta da mesa de jogo. E foi num jogo de poker que teve a oportunidade de conhecer o actor Toby Maguire. Um conceituado A-Lister de Hollywood, Maguire encontrava-se na altura no pico de fama da sua carreira. Tinha acabado de ser o protagonista de Homem-Aranha, um dos primeiros e mais lucrativos filmes produzidos pela Marvel no novo milénio. Também ele um apaixonado pelo popular jogo de cartas, Maguire decidiu tornar-se sócio de Curtis e criar uma série de jogos de poker privados de alta parada. O truque? Convidar jogadores ricos mas pouco talentosos, escolhidos a dedo para que pudessem perder milhares de dólares em fichas todas as noites.
Se a história parece familiar, é porque já tinha sido tornada pública por Molly Bloom. Bloom publicou o seu próprio livro acerca do assunto em 2014. Mas segundo Curtis, Bloom era apenas uma pequena parte do esquema, que tinha sido engendrado por ele próprio e por Maguire. O propósito de Bloom seria o de assistir os jogadores a troco de gorjetas, realizando uma função semelhante à de um dealer de casino. Segundo Curtis, a ideia de que Bloom teria sido a “mente brilhante” por detrás do esquema era completamente falsa.

 

Convidados de luxo

Uma das primeiras celebridades a juntar-se ao esquema foi Leonardo DiCaprio, um colega de longa data de Maguire. Contudo, o actor nunca demonstrou as “qualidades” que Curtis procurava. Extremamente cauteloso nas suas apostas, DiCaprio apenas jogava quando tinha mãos fortes, e mantinha-se longe dos jogos mais caros, cujas blinds podiam facilmente ultrapassar os 400 dólares. Foi só quando jogadores mais compulsivos, como o também actor Ben Affleck, se juntaram aos jogos, que Curtis finalmente conseguiu começar a ganhar as somas de dinheiro de que estava à procura. Um especialista das cartas, Curtis não tinha dificuldades em “roubar” fichas a personalidades como Affleck ou como o seu amigo Matt Damon, que chegou a perder mais de 50 mil dólares em apenas uma noite. Nesses tempos, segundo Curtis, sair da mesa com lucros de 20 mil dólares era não só comum como sinónimo de uma noite pouco lucrativa.
Mais tarde, personalidades de Hollywood menos populares mas mais abastadas acabaram por cair no esquema montado por Curtis e Maguire. Entre elas, Guy Laliberté, o fundador do Cirque du Soleil, que Curtis descreve como um fanático compulsivo pelo jogo. O antigo produtor esclarece no seu livro autobiográfico que na primeira noite de Laliberté no jogo ele conseguiu facturar mais de 250 mil dólares! Com as paradas tão altas e sem limite máximo de aposta, era frequente que algumas tórridas noites de poker resultassem em lucros milionários. Mesmo assim, do outro lado da mesa, Maguire acabava por colher a maior parte dos lucros.

 

Do sonho ao pesadelo

Com muito dinheiro no bolso e vários amigos poderosos na lista de contactos, Curtis sentia-se mais confiante do que nunca. Vivia numa casa avaliada em 3 milhões de dólares em Los Angeles e tinha uma série de negócios em vista. No entanto, tudo ruiu de um momento para o outro. Longe da mesa de poker com jogadores “escolhidos a dedo”, Curtis acabou por perder 1 milhão de dólares numa única noite de loucura num casino em Las Vegas. Simultaneamente, um projecto televisivo de milhões em que Curtis estava a trabalhar acabou por ruir. O produtor ainda tentou procurar a ajuda de Maguire, que acabou por lhe oferecer um empréstimo incomportável que Curtis nunca teria maneira de pagar.
Derrotado, Curtis acabou por ir viver para a casa da mãe depois de sofrer uma paragem cardíaca quase fatal. Lá, procurou manter-se saudável, fazendo exercício físico e comendo de forma controlada. Manteve-se também afastado do mundo do jogo, procurando repouso e novas soluções para a sua família. Em 2020, editou Billion Dollar Heist, um livro onde expôs toda a verdade acerca da sua ruinosa experiência como scammer de Hollywood.


14/04/2020
Compartilhe no Facebook